O Projeto

pexels-photo-6120220.jpeg

As alterações climáticas são um dos desafios mais prementes da atualidade. Embora a investigação junto da população mais jovem seja ainda escassa, estudos demonstram que o impacto será particularmente sentido pelos jovens, na medida em que várias dimensões da sua vida presente e futura poderão ser afetadas (Clayton et al., 2017; Han & Ahn, 2020; Ojala, 2015; Sanson et al., 2018). Ao mesmo tempo, o seu papel como agentes de mudança tem sido determinante para a ação climática, como demonstrado pelas greves climáticas globais (Hahn & Ahn, 2020; Sanson et al., 2019). 

 

Importa, por isso, estudar em que medida os percursos desenvolvimentais destas gerações poderão ser comprometidos e de que forma o seu papel na sociedade pode ser potenciado. Os modelos de Desenvolvimento Positivo de Jovens têm sido aplicados em estudos realizados no contexto de outras crises globais (Arnold, 2020; Frasquilho et al., 2018), pela ênfase que colocam simultaneamente no desenvolvimento pessoal e na contribuição para o desenvolvimento da sociedade.

Este projeto é financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e mereceu Parecer Favorável da Comissão de Ética para a Investigação em Ciências Sociais e Humanas da Universidade do Minho.

Arnold, M. E. (2020). America’s Moment: Investing in Positive Youth Development to Transform Youth and Society. Journal of Youth Development, 15:5, 16–36. doi: 10.5195/jyd.2020.996

Clayton, S., Manning, C. M., Krygsman, K., and Speiser, M. (2017). Mental health and our changing climate: Impacts, implications, and guidance. Washington, D.C.: American Psychological Association, and ecoAmerica. https://www.apa.org/news/press/releases/2017/03/mental-health-climate.pdf

Frasquilho, D., Ozer, E. J., Ozer, E. M., Branquinho, C., Camacho, I., Reis, M., et al. (2018). Dream Teens: Adolescents-Led Participatory Project in Portugal in the Context of the Economic Recession. Health Promotion Practice, 19:1, 51–59. doi: 10.1177/1524839916660679

Han, H., and Ahn, S. W. (2020). Youth Mobilization to Stop Global Climate Change: Narratives and Impact. Sustainability, 12:10, 4127. doi: 10.3390/su12104127

Ojala, M. (2015). “Young People and Global Climate Change: Emotions, Coping, and Engagement in Everyday Life,” in Geographies of Global Issues: Change and Threat, eds. N. Ansell, N. Klocker, and T. Skelton (Singapore: Springer Singapore), 1–19. doi: 10.1007/978-981-4585-95-8_3-1

 

Sanson, A. V., Wachs, T. D., Koller, S. H., and Salmela-Aro, K. (2018). “Young People and Climate Change: The Role of Developmental Science,” in Developmental Science and Sustainable Development Goals for Children and Youth, eds. S. Verma and A. C. Petersen, 115–137. Switzerland: Springer International Publishing. doi: 10.1007/978-3-319-96592-5_6

 

Sanson, A. V., Van Hoorn, J., and Burke, S. E. L. (2019). Responding to the Impacts of the Climate Crisis on Children and Youth. Child Development Perspectives, 13:4, 201–207. doi: /10.1111/cdep.12342

pexels-photo-671549.jpeg

Desenvolvimento Positivo de Jovens

Procederemos à validação de alguns instrumentos de avaliação, relevantes para o avanço do conhecimento científico nesta área.

Com recurso às metodologias de investigação em tempo real, efetuaremos recolha de dados relativos à experiência subjetiva de vida diária de adolescentes e jovens adultos, com vista a informar a investigação e prática no contexto das alterações climáticas. 

Propomo-nos a desenhar modelos de intervenção que possam informar políticas públicas, futuros projetos de investigação e programas de intervenção dirigidos a adolescentes e jovens adultos e adequados aos desafios colocados pelas alterações climáticas neste período desenvolvimental.

Instrumentos de Avaliação

Bem-Estar e Vida Diária
Programas de Intervenção

É nosso objetivo reunir informação científica atualizada sobre o desenvolvimento positivo de jovens no contexto das alterações climáticas e lançar pistas para investigação futura.